Após 25 anos, Camburão da Alegria passa a brilhar no Carnaval de Olinda

 

Comemorando 25 anos de história, um dos mais tradicionais blocos do Carnaval pernambucano mudou de endereço e agora vai ganhar as ruas de Olinda. O “Camburão da Alegria”, comandado por policiais e bombeiros militares do Estado, já está de malas prontas para desembarcar na Marim dos Caetés. No domingo 5 de março, a agremiação vem cheia de novidades, encerrando o reinado de Momo na cidade. Na programação estarão orquestras de frevo e várias atrações locais.

O desfile conta com o apoio da Prefeitura de Olinda e trará, nesta edição, o tema: “Olinda Quero Cantar”. Os homenageados da grande festa serão o prefeito Professor Lupércio, assim como o artista e mestre dos bonecos gigantes, Silvio Botelho. A concentração está marcada para as 11h, na Praça Doze de Março, no Bairro Novo, contando com um cortejo de cinco trios elétricos. De acordo com o presidente, coronel José Almeida, o público vai encontrar um Camburão repaginado. “Estamos dispostos a trazer divertimento em um clima de paz para toda a família”, assegurou.

Trazendo uma grande mistura de ritmos, o Camburão da Alegria também promete enaltecer os principais clubes carnavalescos de Olinda. Os hinos saudosos, que não saem da cabeça do folião, formarão um grande coro pelas principais vias da cidade. “Receber uma agremiação de tamanha expressividade é motivo de grande alegria para mim e, com certeza, para todo o povo de Olinda. Agora, as chaves que fecham o nosso Carnaval serão divididas entre o Bacalhau do Batata, na quarta-feira de cinzas, e o estimado Camburão, no domingo”, brincou o prefeito Professor Lupércio.

O percurso, com cerca de 5 km, terá como palco principal a Avenida Getúlio Vargas, percorrendo também as vias mais próximas, exigindo bloqueios móveis e itinerantes. A Prefeitura vai designar agentes de trânsito, que estarão em pontos estratégicos para orientar a população. O trabalho, visando à segurança, vai contar com ações conjuntas, envolvendo diversas secretarias. “A ideia é proporcionar aos nossos companheiros, que trabalham durante os dias de Carnaval, a chance de também brincar. No entanto, todos serão muito bem vindos”, concluiu coronel Almeida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *