Náutico não mantém um único técnico a temporada inteira desde 2004

De 2015 para cá, o Timbu já teve 31 treinadores, o que dá uma média de um a cada quatro meses e meio

Do JC Online

Último título conquistado pelo Náutico foi sob o comando de Zé Teodoro / Foto: JC Imagem

Último título conquistado pelo Náutico foi sob o comando de Zé Teodoro
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

A saída de Dado Cavalcanti do comando do Náutico já não deve ser nenhuma surpresa para os alvirrubros. Afinal, o torcedor timbu já se acostumou com as inúmeras trocas de treinadores nas últimas temporadas. Para se ter noção, nos últimos 12 anos, 31 técnicos estiveram à frente da equipe alvirrubra (contando os interinos), o que dá uma média de um a cada quatro meses e meio.

Cinco deles, inclusive, trabalharam no clube por mais de uma vez, caso de: Roberto Fernandes (3), Alexandre Gallo (3), Waldemar Lemos (2), Lisca (2) e Dado Cavalcanti (2). Coincidência ou não, a última vez que o Náutico teve um único treinador durante a temporada inteira foi em 2004, justamente o ano que Zé Teodoro conseguiu ajudar o Timbu a levantar o troféu do Pernambucano, a última conquista do clube. Isso mostra claramente que a troca de treinadores pode até trazer um ânimo novo ao elenco de imediato, mas que a longo prazo não se vê resultados consistentes e que sejam traduzidos em títulos.

Diante da saída prematura de Dado Cavalcanti, a diretoria alvirrubra vê todo o planejamento feito para 2017 correr o risco de não dar certo, já que tudo foi feito com a participação direta do agora ex-treinador. Com isso, a intenção dos dirigentes timbus é trazer alguém que possa chegar e se adaptar com o elenco que o Náutico conta atualmente, sem mudanças drásticas no grupo.

ESPECULAÇÕES

Os nomes de Milton Mendes, Sérgio Soares e Marquinhos Santos – todos sem clubes – foram cogitados nos Aflitos. Contudo, os treinadores foram procurados pela reportagem do JC e negaram qualquer tipo de contato por parte da diretoria do Náutico. Como o time já volta a campo na próxima segunda-feira (20), contra o Belo Jardim, às 20h30, no estádio do Arruda, pela 4ª rodada do Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano, caso o novo comandante alvirrubro não seja contratado até lá, o auxiliar-técnico do clube, Levi Gomes, deve colocar o time em campo pelo Estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *